• Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Boipeba, Bahia, Brasil

 
Boipeba, uma das  3 principais ilhas do Arquipélago de Tinharé, na Costa do Dendê, ao sul de Salvador, conserva ainda a atmosfera intocada de lugares isolados da civilização. Aqui é possível caminhar por quilometros de praias desertas e ter a sensação de ser o único visitante da ilha. Apesar de pertencer ao mesmo muncípio arquipélago, a ilha de Boipeba tem a sua própria personalidade. Ao Praia dos Castelhanos    em Boipeba, Bahia, Brazilcontrário da vizinha, famosa, badalada e com vocação noturna, Boipeba é pacata e reservada, com a mesma beleza exuberante que encanta os visitantes. A natureza rica em mata atlântica, manguezais, praias de areia branca, recifes de corais, flora e fauna foram protegidas pela criação da APA Tinharé Boipeba, em 1992. “Boipeba” é uma corruptela da palavra tupi “Mboi Pewa” que significa cobra chata, em referência às tartarugas marinhas, que eram  freqüentes naquelas praias...
 
 

Boipeba pertence ao município de Cairú, único município arquipélago do Brasil com 26 ilhas no total. As principais são: Ilha de Cairu, a sede, Ilha de Tinharé, onde está Morro de São Paulo e Ilha de Boipeba.
Em 1992 foi criada, pelo Decreto Estadual n° 1.240, a APA Tinharé/Boipeba, visando a preservação de seu rico ecossistema, extensos manguezais, fauna, belas praias recortadas por recifes e barras.

Até pouco tempo atrás, Boipeba, conseguia manter se incógnita, apesar de todo o fluxo turístico que se desenvolvia na vizinha ilha de Tinharé. 
Hoje, Boipeba se tornou o destino precioso de turistas que procuram lindas paisagens, praias desertas e natureza exuberante, mas com o clima de um vilarejo perdido no mundo.  E, quer continuar assim, dividindo com os visitantes toda a beleza que a ilha oferece sem perder o ar de tranqüilidade e dando muita atenção à preservação deste paraíso.
a pho to of a beach in Boipeba Bahia Brazil

Da Praia da Boca da Barra, em direção ao porto, subindo uma ladeira ou a rua em frente ao atracadouro, se chega à Vila.  A “vila” local é Velha Boipeba, o principal povoado da Ilha, fundado em 1537 pelos jesuítas.  Velha Boipeba é hoje uma grande e pacata praça principal com uma ladeira que leva à Igreja Matriz do Divino Espírito Santo, do século XVII e algumas ruas laterais com o comércio local, mercadinhos, lojinhas que vendem de tudo um pouco, farmácia e alguns restaurantes.
 
Pelas ruas laterais se chega à Casa da Farinha, onde se fabrica a farinha de mandioca, muitas famílias ainda preparam a sua farinha aqui,  e o beiju de tapioca.
Subindo um pouco se chega ao morro do Quebra Cú. Dizem que o nome vem dos meninos que escorregavam morro abaixo com pranchas de papelão. Vale a pena a subida, a vista lá de cima é espetacular, com o desenho da praia da boca da barra e à esqueda, o estuário do rio do Inferno com seu manguezal. O melhor horário é no final da tarde, no pôr do sol.

O Roldão também merece visita. É onde se faz o azeite de dendê, típica na culinária local e que dá nome ao pedaço do litoral baiano onde está a Ilha de Boipeba, Costa do Dendê.

Os outros povoados da Ilha são Moreré, Monte Alegre e São Sebastião, mais conhecido como Cova da Onça por aqui.

Top of the Page